iniciativa educação.jpg
ser pro.jpg
Alstom.png
Logo_PT.png

 

 

 

 

ALSTOM/GE

​De 2013 a 2017, a IDESCOM assessorou a ALSTOM Portugal, depois ALSTOM/GE, primeiro para a criação e o desenvolvimento de um curso vocacional secundário, de nível IV, de Técnico/a de Fabrico de Componentes de Construção Metálica.
Este curso, que em 2013 não fazia parte do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ), foi criado com conteúdos técnicos desenvolvidos pela ALSTOM/GE, de acordo com um perfil profissional que corresponde aos desafios futuros do sector da metalomecânica, e encontra-se atualmente incluído no CNQ desde 29 de janeiro de 2015.​
Este projeto foi desenvolvido em parceria com a Escola Secundária Sebastião da Gama, em Setúbal, e pelas caraterísticas inovadoras de que o processo colaborativo entre a escola e a empresa se revestiu, suscitou grande interesse por parte do Ministério da Educação e de visitantes estrangeiros, nomeadamente  o Ministro da Educação da Turquia, H.E. Mr. Nabi Avci, e ministra alemã da educação e investigação, Prof. Dr. Johanna Wanka.
Mais de 50 alunos que terminaram o curso foram recrutados pela empresa.

O Programa Ser Pro tem por objetivo contribuir para o desenvolvimento do ensino profissional, aproximando escolas e empresas, ajudando a construir cursos adequados e alargando o leque de opções disponíveis para os alunos do ensino secundário.  Na fase de lançamento do projeto SER PRO, a IDESCOM participou no seu desenvolvimento, assegurando o acompanhamento  de cada curso, a articulação entre as escolas e as empresas e a construção do seu desenho curricular, monitorizando ações e propondo complementos enriquecedores dos cursos.

PT (PORTUGAL TELECOM/MEO)

Em 2013/2014, a IDESCOM promoveu e obteve da Portugal Telecom/MEO, o acordo para o desenvolvimento de um curso vocacional secundário Técnico/a de Telecomunicações, em parceria com a Escola Secundária António Damásio, do Agrupamento de Escolas dos Olivais.​ A participação da Portugal Telecom/MEO neste projeto permitiu a formação de 24 técnicos aptos a responder às necessidades do mercado de trabalho no sector das Tecnologias de Informação e Comunicação, nomeadamente, nas áreas de eletrónica e de telecomunicações.

Pestana.png
Alstom.png

ACADEMIAS DE FORMAÇÃO

No quadro dos projetos que acompanha, a IDESCOM promove, sempre que haja interesse das entidades parceiras, a instalação de Academias de Formação.

Em 2016/2017, a IDESCOM assessorou a ALSTOM/GE na criação de uma escola corporativa, destinada à formação interna dos seus colaboradores e à formação externa de adultos interessados em adquirirem novas competências na área da metalurgia. 

Entre 2016 e 2018 a IDESCOM assessorou o Grupo Pestana para a criação da Academia Pestana, que tem por objetivo o desenvolvimento de uma marca Pestana de formação profissional, dirigida preferencialmente aos seus próprios colaboradores, mas que promoverá, também, formação externa especializada no ramo da hotelaria e turismo, nomeadamente para alunos inseridos no sistema de ensino, através de parcerias com escolas públicas e privadas.